skip to Main Content
Abertura Do Centenário De Morte Do Pe. Jordan

Estamos iniciando o ano centenário da morte/ressurreição do Venerável Pe. Jordan. O Fundador da Família Salvatoriana, Pe. Jordan, faleceu num humilde hospital em Tafers, próximo de Friburgo, na Suíça, em 8 de setembro de 1918. Como Família Salvatoriana, celebraremos os 100 anos da morte de Pe. Jordan, em 08 de setembro de 2018, este ano é portanto um momento histórico, um tempo especial para aproximar mais do seu espírito apostólico e revigorar nossa vida salvatoriana e ressignificar o carisma para nossos dias.

O Fundador da Família Salvatoriana foi um homem com grande ardor apostólico, apaixonado pela missão, com um desejo ardente de trabalhar para que Jesus se tornasse conhecido e amado e que todas as pessoas encontrassem a salvação. Para tanto, Pe. Jordan fundou em 08 de dezembro de 1881 a Sociedade do Divino Salvador, os Padres e Irmãos Religiosos, e em 08 de dezembro de 1888, com o auxílio de Madre Maria dos Apóstolos, fundou a Congregação das Irmãs do Divino Salvador – Salvatorianas.

Hoje, o Carisma Salvatoriano está espalhado pelo mundo. Assim, cada salvatoriano e salvatoriana é convidado/a a viver a missão tão sonhada por Jordan, a fim de que todos conheçam, amem e sirvam o Salvador.

CONFIANÇA EM DEUS

A confiança em Deus perpassa qual fio condutor, toda a vida e obra de Pe. Jordan. Sua confiança na Divina Providência é fruto de uma profunda experiência de Deus. “Quisera deixar-lhes uma herança especial, se assim posso dizer, que é precisamente uma grande confiança em Deus” (Pe. Jordan).

TESTAMENTO ESPIRITUAL DE PE. JORDAN 

Tenham como herança perpétua a confiança na Divina Providência. Qual mãe solícita, ela cuidará sempre de vocês.

  1. Confio-lhes a pobreza permanente, qual tesouro precioso e qual pérola escolhida, da qual Deus lhes pedirá conta no dia do juízo.
  2. Ponham só em Deus sua esperança e confiança! Qual guerreiro valoroso, ele combaterá por vocês.
  3. Ai de vocês, se puserem sua confiança nos homens ou nos bens materiais!
  4. Permaneçam sempre filhas e filhos fieis, de nossa santa mãe, a Igreja Romana, ensinem o que ela ensina, creiam o que ela crer, reprovem o que ela reprova.
  5. Amem-se uns ao outros no Espírito Santo. Que o amor de vocês seja manifesto a todos!
  6. Saibam que eu as amei intensamente. Quero que também vocês se amem umas às outras, uns aos outros.
  7. Santifiquem-se, cresçam e se multipliquem sobre toda a terra, até o fim dos tempos, em nome do Senhor. Amém.

Em nossa paróquia a abertura aconteceu no dia sete de setembro com a presença da família Salvatoriana e do nosso Bispo diocesano Dom Severino Clasen.

Pe. Rafael Araújo, SDS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
X