skip to Main Content

Todos os devotos de Nossa Senhora  costumam dizer que, ao visitar um Santuário dedicado à Virgem, especialmente o Santuário Nacional de Aparecida, maior Santuário Mariano do mundo, estão na verdade visitando a “Casa da Mãe”.

Mas o que muita gente não sabe é que, na Turquia, há um espaço sagrado onde a tradição indica ser a casa onde Maria viveu os seus últimos anos aqui na Terra.

Foto: Shutterstock

Numa pequena igreja bizantina do século XIII, sobre uma estrutura datada entre os séculos VI e VII, construída, por sua vez, sobre um assentamento – este sim, do século I – está o local onde teria sido a verdadeira Casa da Mãe Maria de Nazaré, mãe de Jesus Cristo.

Peregrinos cristãos de todas as denominações, e também muçulmanos visitam o local, especialmente em 15 de agosto, data da Assunção de Maria.

Segundo informações do site Aleteia, uma antiga tradição cristã diz que, fugindo da perseguição em Jerusalém, São João Evangelista teria levado consigo a Virgem Maria para Éfeso, na região de Esmirna, na Turquia, onde ambos passariam os últimos anos de suas vidas. A tradição – tanto católica como ortodoxa – diz que este é o local de onde a Virgem Maria foi elevada ao céu.

Dois padres vicentinos do colégio francês de Esmirna, encontram a casa em 1891. Cinco anos mais tarde, o Papa Leão XIII visitou o local, e o declarou oficialmente como um monumento para os cristãos. Ele também foi visitado por Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI.

Fonte: *Aleteia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
X